Qual a diferença entre RH Estratégico e RH Tradicional, você sabe?

O seu RH é estratégico ou tradicional? Você já parou para analisar o seu setor e ter essa resposta?

As empresas mudam e, com isso, o RH também precisa mudar para se adequar às novas necessidades do mercado.. Para isso, é necessário entender que existem duas noções distintas em relação a essa área: o RH tradicional e o RH estratégico.

Quais as diferenças entre RH estratégico e RH tradicional?

As diferenças entre o RH estratégico e o tradicional vão desde a forma de atuação no cotidiano até o planejamento dos processos inerentes ao setor.
Em um lado, o tradicional foca muito no operacional e nos procedimentos básicos, como seleção, contratação e treinamento de funcionários. Já no estratégico o foco é a busca alinhar tais pontos aos objetivos de cada setor e da empresa. O RH tradicional se tornou ultrapassado e vem perdendo desempenho no ambiente corporativo.

Para adotar o RH estratégico e tornar sua empresa alinhada com as necessidades atuais, antes é preciso entender quais pontos diferem esse modelo do RH tradicional. Desse modo, você poderá identificar onde e o que melhorar no seu negócio. Quer saber quais são essas diferenças? Continue lendo e descubra!

Muito se discute sobre qual tipo de RH é o mais interessante para uma empresa, o Operacional ou o Estratégico. A discussão é válida, no entanto, muitos ainda confundem as definições, acreditando que as funções não estão bem definidas.

De forma simples e objetiva o RH Operacional é o antigo Departamento Pessoa, ele resolve todos os trâmites burocráticos dos funcionários de uma empresa, desde o fechamento da folha de pagamento, emissão e entrega de holerites até as contas-salários de cada contratado.

Já o RH estratégico é aquele que cuida da gestão estratégica das pessoas, ou seja, aquele que pensa nos processos internos que envolvem os colaboradores. A ação deste departamento está focada na estratégia do negócio, que somente pode ser alcançada com a valorização de talentos.
Com essa explanação é fácil entender que todas as empresas precisam das duas modalidades de RH. Porém, é fato que o RH Estratégico é o que mais impacta no sucesso de uma empresa, afinal é unanimidade que são os funcionários de uma companhia que fazem ela atingir metas, objetivos e bons resultados.

No entanto, o RH operacional não pode ser deixado de lado. Mesmo assim, é possível que as empresas busquem soluções para que o tempo destinado as atividades mais burocráticas seja menor, sobrando assim mais tempo para que o RH se dedique a gerenciar os vários processos relacionados à gestão das pessoas.

Atualmente diversos recursos tecnológicos podem ajudar o RH Operacional. Um bom exemplo é o holerite online, que diminuem consideravelmente o tempo gasto com todas as demandas dos demonstrativos de pagamento, uma das rotinas mais demoradas do departamento.

É preciso ainda ter em mente que uma empresa que investe na informatização e tecnologia do RH Operacional e no desenvolvimento do RH Estratégico, certamente consegue atrair os melhores talentos.

Em um comparativo entre o profissional de RH estratégico e o tradicional, o primeiro é muito mais focado em propósitos que agreguem valor aos setores e ao negócio.

Já o segundo se volta mais para questões burocráticas e operacionais. Entre elas, temos gestão de folha de pagamento, cálculos trabalhistas, adequações às normas e regulamentações da área e outros pontos do tipo, além dos processos de recrutamento.

O futuro das empresas depende de um RH que consiga se comunicar com seus colaboradores, descobrindo anseios e desejos de modo a uni-los às necessidades e expectativas da organização. Isso é vital num mundo que está evoluindo rapidamente com novas tecnologias, negócios disruptivos e tendências que valorizam a sustentabilidade e qualidade de vida.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×